Minas inicia aulas na TV com reclamações de estudantes da rede pública

O estado implementa programa de educação à distância a partir desta segunda-feira (18)

Stephanie Bevilaqua, da CNN
18 de maio de 2020 às 11:08 | Atualizado 18 de maio de 2020 às 12:18
A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) afirma que "todas as ferramentas foram pensadas para garantir que o maior número possível de alunos sejam contemplados". 
Foto: Divulgação/MCTIC

O estado de Minas Gerais começou hoje a exibição de aulas para estudantes na televisão. A teleaula, ferramenta que a Secretaria de Estado de Educação (SEE-MG) usará para trabalhar o ensino a distância para alunos da rede estadual, deverá ocupar cinco horas da programação da Rede Minas.
 
As teleaulas são ministradas por professores da rede estadual em que cada disciplina têm como referência o conteúdo que está programado nos Planos de Estudos Tutorados (PETs), de acordo com os anos de escolaridade. Já as avaliações, serão realizadas quando as aulas presenciais forem retomadas.
 
O programa “Se Liga na Educação” exibirá aulas com conteúdos dos diferentes componentes curriculares, divididos por grupos de disciplinas e voltadas para cada ano de escolaridade. 
 
"Sabemos que nada substitui a relação presencial entre alunos e professores em sala de aula. Mas é nossa função garantir a continuidade dos estudos de nossas crianças e jovens mineiros da melhor forma possível", destacou a secretária de estado de Educação, Julia Sant'Anna, em pronunciamento na última quarta-feira (13). 
 
Nas redes sociais, é possível traçar um grande reclamações sobre aulas serem curtas, as transmissões não estarem funcionando bem na internet e a dificuldade em encontrar o canal.

No Twitter, Liedson Souza, 17 anos, aluno da rede pública do município de Manhuaçu (MG), publicou uma relação de alunos matriculados e a quantidade de acessos à aula. 

 

Lilyan Aparecida Cardoso da Silva tem 16 anos e está no terceiro ano do ensino médio em Serra da Saudade (MG), a menor cidade do Brasil, com 781 habitantes de acordo com o último senso de 2019 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “Já estamos há dois meses sem ter aulas, mas dizem que em breve teremos”, conta.
 
“Estávamos tendo somente de matemática, pois o professor não queria deixar a gente na mão e pediu para a gente baixar um aplicativo de aula online”, disse. Ela também falou que já sabia do novo programa do estado de aulas à distância, mas que o aplicativo ainda não permite o acesso. Toda a comunicação entre diretores e professores do único colégio da cidade mineira é feita via Whatsapp. 
 
A estudante ainda não se decidiu entre direito e agronomia, mas diz que gostaria de poder estudar em alguma faculdade das cidades vizinhas. “Mas sem aula está difícil se preparar para o vestibular”, comenta.  
 
Lilyan é filha de uma empregada doméstica e um trabalhador rural. Mora com os pais em Serra e, em sua casa, tem acesso à internet pelo valor de R$ 70 ao mês. 

Em reposta às relcamações, a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) informa à CNN nesta manhã de segunda-feira (18) que aplicativo “Conexão Escola” terá acesso gratuito para o aluno e professor da rede pública estadual de ensino de Minas Gerais. Por meio da plataforma, será possível ter acesso aos conteúdos do regime de estudo não presencial sem a necessidade de utilizar seu pacote de dados. E, em breve serão disponibilizadas salas de chat para interagir com seus colegas e professores.

Serviço

A Secretaria também afirma que "todas as ferramentas foram pensadas para garantir que o maior número possível de alunos sejam contemplados".
 

 
O conteúdo das aulas vai ao ar a partir das 7h30, de segunda a sexta-feira. As teleaulas vão priorizar os conteúdos que os alunos têm mais dificuldades e, além disso, uma hora da programação será transmitida ao vivo, permitindo que os estudantes possam interagir e tirar dúvidas.
 
Os conteúdos foram distribuídos por área de conhecimento:

Segunda-feira: Linguagens – Língua Portuguesa, Literatura, Inglês, Arte e Educação Física;

Terça-feira: Ciências Humanas – História e Geografia;

Quarta-feira: Matemática;

Quinta-feira: Ciências da Natureza – Biologia, Física e Química;

Sexta-feira: Conteúdos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
 
A programação semanal está disponível no site estudeemcasa.educacao.mg.gov.br . No portal também será possível baixar as aulas, caso não seja possível assistí-las no momento da exibição ou os estudantes queiram rever o conteúdo. Os vídeos ainda vão ficar postados no aplicativo “Conexão Escola” e também estarão disponíveis no canal da SEE/MG e no da Rede Minas no Youtube.
 
A Rede Minas está no ar no canal 09 da TV aberta, em Belo Horizonte. Nas TVs a cabo, ela está disponível nas operadoras Oi TV (canal 09) e NET (canal 20 e 520 HD). Além disso, é possível sintonizar o canal pelas antenas parabólicas que recebem o sinal da emissora via satélite.
 
No interior do estado, a emissora conta com afiliadas que retransmitem o sinal da Rede Minas. Aqui você também acompanha as aulas ao vivo. 
 
Será possível tirar as dúvidas durante a programação ao vivo, entre 11h15 e 12h30. Basta enviar as perguntas pelo Whatsapp para o número (31) 98295-2794 ou ligar para o número (31) 3254-3009.