McDonald's disponibiliza curso e alimentos para ajudar no combate ao coronavírus

Em entrevista para a CNN, Paulo Camargo, presidente da Arcos Dorados, explica que disponibilizou cursos de higiene e segurança alimentar para empresários

Da CNN, em São Paulo
18 de maio de 2020 às 23:36 | Atualizado 19 de maio de 2020 às 16:31

O McDonald's está aproveitando a pandemia e o isolamento para ajudar pessoas, seja pela doação de alimentos ou pelo compartilhamento de conteúdo da McDonald's University, que ministra cursos para funcionários da rede. É o que explica Paulo Camargo, presidente da Arcos Dorados, empresa que opera os restaurantes da marca na América Latina e Caribe. Em entrevista para a CNN, ele conta que abriu cursos antes restritos a funcionários e para pequenos empresários, via internet.

“Através de nossa plataforma online, disponibilizamos para pequenos empresários informações sobre segurança alimentar, higiene e desenvolvimento sustentável. Tem sido impressionante a aceitação dos empresários, nunca tínhamos aberto este conteúdo antes. Tivemos uma aceitação incrível, com quase 2 mil inscritos na primeira leva,” diz Camargo, que explica que tentou passar para os pequenos empreendedores brasileiros práticas de países que tiveram que enfrentar a doença antes do Brasil.

A Arcos Dorados também está ajudando familiares de funcionários da rede, oferecendo cursos de informática para ajudá-los na inserção no mercado de trabalho.

Quanto a doação de alimentos, Camargo explica que a empresa trabalha em duas frentes para a ação. “A primeira frente é para profissionais da linha de frente da pandemia. Já doamos R$ 2,5 milhões em alimentos. Outra frente é a doação de alimentos in natura para ONGs que trabalham no combate à fome. Para eles, doamos 17 toneladas de alimentos.”