Reunião de Bolsonaro com governadores, Covid-19 e mais da tarde de 21 de maio

5 Fatos Tarde, apresentado por Luciana Barreto, repercute principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN, em São Paulo
21 de maio de 2020 às 12:45

A reunião entre o presidente Jair Bolsonaro com promessa de sancionar ajuda a estados e as últimas atualizações sobre os impactos da Covid-19 no Brasil e no mundo estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta quinta-feira, 21 de maio de 2020.

Reunião

Bolsonaro se reuniu com governadores, os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e o ministro da Economia, Paulo Guedes. Durante a reunião, Bolsonaro prometeu sancionar o projeto de auxílio a estados e municípios e pediu apoio no veto ao trecho sobre o reajuste salarial para servidores públicos, até o fim de 2021. 

Cloroquina

Apesar do Ministério da Saúde ter divulgado um novo protocolo que libera o uso da cloroquina até para casos leves da Covid-19, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não alterou o controle sobre o tipo de receita para a compra desses medicamentos e segue exigindo a receita de controle especial em duas vias: uma é devolvida ao paciente e outra fica retida nas farmácias.

Enem

O governo decidiu adiar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e pôs fim a uma forte pressão por parte de setores da sociedade e do parlamento para que os estudantes tivessem mais tempo para se preparar para as provas. As inscrições para o Exame terminam na sexta (22), mas ainda não está definido o novo calendário de provas, que deve ocorrer "de 30 a 60 dias" depois do previsto, de acordo com o Inep.

Covid-19

O mundo ultrapassou a marca de cinco milhões de infectados pelo novo coronavírus. O Brasil continua sendo o terceiro país com maior número de casos, chegando muito próximo da Rússia, que tem cerca de 317 mil pessoas com Covid-19. Os Estados Unidos ainda lideram em número de casos confirmados, com mais de 1,5 milhão.

Gasolina

A gasolina fica 12% mais cara a partir desta quinta. Trata-se do terceiro aumento no mês de maio. Com a decisão da Petrobras, o preço do litro da gasolina acumula alta de 34,47% apenas este mês.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br