Hospitais privados do Paraná entram em crise com queda nos atendimentos eletivos


Da CNN em São Paulo
22 de maio de 2020 às 09:30


Com a redução de consultas e cirurgias eletivas durante a pandemia, a crise tem se agravado na rede de hospitais privados no Paraná. A ocupação está próxima de atingir uma queda de 50% nos próximos dias.

De acordo com o Sindicato dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Paraná (Sindipar), houve uma redução de 30% no quadro de funcionários. A queda na ocupação de leitos foi impulsionada pelas medidas de contenção à Covid 19, situação que fez com que a maioria das cirurgias e consultas eletivas fossem canceladas, causando um esvaziamento das unidades de atendimento.

Leia também:
Celso de Mello deve decidir sobre vídeo nesta sexta-feira
Covid-19: Brasil tem mais de 310 mil casos e supera marca de 20 mil mortes

Representantes do setor aguardam resposta do governo federal sobre as propostas feitas para diminuir os impactos financeiros causados aos hospitais durante o perído de pandemia, como isenção das taxas de água e luz e do Impostos sobre Serviços (ISS).