Metrô de SP e CPTM vão fechar mais cedo aos sábados

Medida foi anunciada após queda no fluxo de passageiros desde o início da pandemia e passa a valer neste final de semana

Da CNN em São Paulo
22 de maio de 2020 às 07:55 | Atualizado 22 de maio de 2020 às 08:34

O Metrô de SP e a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) anunciaram que vão passar a fechar à meia-noite, aos sábados, devido à queda no fluxo de passageiros desde o início da pandemia. Todas as estações serão submetidas à mudança, incluindo as que estão sob concessão da iniciativa privada – Linhas 4-Amarela e 5-Lilás.

Na quarta-feira (21), primeiro dia do mega feriado, a taxa de isolamento na capital paulista subiu para 51%. Para a Prefeitura, o percentual ainda está abaixo do esperado. A taxa no estado é de 49%.


Leia também:
Covid-19: Brasil tem mais de 310 mil casos e supera marca de 20 mil mortes
SP e RR têm piores indicadores de transparência em pandemia, diz estudo

Covas assinou decreto para suspender o expediente na cidade na quarta e quinta-feira e declarar ponto facultativo nesta sexta-feira (22). O texto foi publicado no Diário Oficial do município na terça-feira (19).

Na madrugada desta sexta-feira, deputados estaduais aprovaram o pedido de antecipação do feriado de 9 de julho para a próxima segunda-feira (25).

Dessa forma, São Paulo tem um 'megaferiadão' de seis dias, com a celebração de Corpus Christi e do dia da Consciência Negra, seguidos por ponto facultativo e fim de semana e a antecipação de 9 de julho.

o megaferiado é uma tentativa de aumentar o índice de isolamento social na cidade, que registra números menores em dias úteis.