Depoimento de Weintraub, defesa de Witzel e mais da noite de 26 de maio

Assista ao 5 Fatos Noite, apresentado pela âncora da CNN Daniela Lima

Da CNN, em São Paulo
26 de maio de 2020 às 19:55 | Atualizado 26 de maio de 2020 às 19:58

A determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, de que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, deve prestar depoimento à Polícia Federal; a defesa do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), e a resposta do senador e filho do presidente Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) estão entre os destaques do 5 Fatos Noite desta terça-feira, 26 de maio de 2020.

Weintraub

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo, determinou que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, preste depoimento à Polícia Federal em até cinco dias para explicar suas falas na reunião ministerial que precedeu a saída de Sergio Moro do governo. Na ocasião, Weintraub disse que queria esses "vagabundos presos, a começar pelo STF".

Witzel

O governador Wilson Witzel usou o ataque como defesa e disse que houve motivação política na operação da Polícia Federal da qual ele foi alvo. Witzel ainda afirmou que Flávio Bolsonaro, o filho mais velho do presidente, é quem deveria ser preso.

Flávio Bolsonaro

Flávio, por sua vez, disse que Witzel traiu todo mundo e que será alvo de um tsunami. Ele negou que o avanço da operação tenha qualquer relação com mudanças na PF.

STF

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo, saiu em defesa da Corte e dos ministros nesta terça. Ela frisou que estado sem justiça não vive sob o império da lei e finalizou dizendo que "o Brasil tem direito à justiça. Esse Supremo Tribunal Federal nunca lhe faltou e não lhe faltará".

Cultura

A Câmara dos Deputados aprovou ajuda de R$ 3 bilhões ao setor cultural durante a pandemia do novo coronavírus. O texto prevê ainda o auxílio de R$ 600 para trabalhadores do setor que tiverem ficado sem renda.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br.