PF prende suspeitos de assaltos a bancos em SP

Investigação contra grupo especializado em ataques a agências bancárias começou após roubos resultarem em prejuízo de mais de R$ 1,2 milhão para Caixa

Bia Gurgel, da CNN, em Brasília
29 de maio de 2020 às 08:55
Operação da PF contra quadrilha especializada em roubos a banco tem como objetivo conhecer o modo de atuação do grupo
Foto: Marcelo Camargo - 18.fev.2020/ Agência Brasil

A Polícia Federal cumpre nesta sexta-feira (29) dois mandados de prisão temporária e quatro de busca e apreensão, em São Paulo, para investigar quadrilhas especializadas em roubos a agências bancárias. 

As investigações foram iniciadas após roubos em agências da Caixa Econômica Federal em Diadema, na Grande São Paulo, e Guaianases, na Zona Leste da capital paulista, resultarem em mais de um R$ 1,2 milhão em prejuízos à União.

Assista e leia também:

Suspeitas em ações contra Covid-19 mobilizam 6 operações da PF em menos de 1 mês

STJ pede investigação de vazamento de operação da PF

A PF acredita que esses crimes contam com o suporte de uma facção criminosa que opera nos presídios paulistas. Com o cumprimento dos mandados, a PF diz que espera conhecer o modo de atuação dos investigados e ampliar o foco das apurações.

A Operação Ataque Furtivo é coordenada pela Delegacia de Repressão a Crimes Patrimoniais e Tráfico de Armas, e os mandados cumpridos nesta sexta-feira foram expedidos pela Vara Federal de São Bernardo do Campo e pela 7ª Vara Federal Criminal de São Paulo.