Covid-19: secretário de Saúde diz que SP conseguiu achatar curva de contágio

Ocupação de leitos na capital está em 77%, enquanto no interior os dados apontam para 70% de preenchimento

Da CNN
15 de junho de 2020 às 22:52

O secretário estadual de Saúde de São Paulo, José Henrique Germann, disse em entrevista à CNN na noite desta segunda-feira (15) que a capital conseguiu achatar sua curva de contágio do novo coronavírus.

Germann afirmou que desde o início da pandemia no país, o governo de São Paulo tem feito de tudo para que não houvesse um pico de casos, levando o sistema de saúde ao colapso. “Procuramos aumentar a estrutura do sistema de atendimento para as pessoas”, afirmou. 

Hoje, a ocupação de leitos na capital está em 77%, enquanto no interior o número é de 70%. “Tudo o que fizemos foi muito concentrado na capital e na Grande São Paulo. Agora, existe um delay [atraso] de duas a três semanas para o interior”, afirmou. 

Assista e leia também:

Covarde e tacanho, diz Mandetta sobre acusações de Bolsonaro de hospitais vazios

Covid-19 já havia chegado ao Brasil quando medidas foram adotadas, diz pesquisa

Importação de salmão pode ter gerado novo surto de Covid-19 em Pequim

O Ministério da Saúde anunciou nesta segunda-feira um total de 20.647 novos casos confirmados e 627 novas mortes registradas no país em razão da Covid-19. Ao todo, são 888.271 casos e 43.959 mortes no Brasil.

O estado de São Paulo segue na ponta com o maior número de casos (181.460) e de mortes (10.767), seguido por Rio de Janeiro (80.946 casos e 7.728 mortes), Ceará (79.462 casos e 4.999 mortes), Pará (69.224 casos e 4.201 mortes) e Maranhão (60.592 casos e 1.499 mortes).

(Edição: André Rigue)