Prefeitura de SP diz que distribuirá kits de higiene para volta às aulas

Previsão de retorno é em 8 de setembro em todo o estado

Fabricio Julião e Julyanne Jucá, da CNN em São Paulo
24 de junho de 2020 às 18:46 | Atualizado 24 de junho de 2020 às 18:50
São Paulo vai retomar aulas em setembro
Foto: Governo do Estado de São Paulo

Após o anúncio que prevê o retorno das aulas no estado de São Paulo em 8 de setembro, a Prefeitura da capital informou que irá preparar as escolas que fazem parte da rede municipal de ensino para uma retomada com segurança.

Para se adequar aos protocolos sanitários desenvolvidos pelo governo estadual, a prefeitura diz que irá distribuir kits individuais com sabonete, copo e máscara, obrigatória para os alunos circularem nas dependências escolares. Também foi prometido álcool em gel em todas as unidades,  aferição da temperatura de alunos e professores e demarcações para que o distancimento de um metro e meio seja cumprido.

Leia também:

Entenda como será a volta às aulas no estado de São Paulo

Em SP, alunos da rede pública têm dificuldades para cursar aulas a distância

A secretaria municipal de Educação explicou que os alunos serão submetidos a uma avaliação de nível para verificar a aprendizagem com as aulas através do Centro de Mídias, uma vez que irão retornar ao ensino presencial após três meses de isolamento social.

Ainda não foi comunicado quais serão os períodos de ensino que retornarão primeiro e qual a sequência de retomada. Apesar da previsão do governo, a volta às aulas só poderá acontecer após todas as regiões do estado chegarem à fase 3, amarela, do Plano São Paulo de retomada gradual, demonstrando controle da epidemia de coronavírus. 

Até a última atualização, nenhuma área havia obtido essa classificação.

Mapa com classificação das regiões paulistas no Plano São Paulo de retomada gradual, atualizado em 19 de junho
Foto: Reprodução/Governo de São Paulo (19.jun.2020)