Queiroz negocia delação premiada com o MP e mais da noite de 26 de junho

Assista ao 5 Fatos Noite apresentado pela âncora da CNN Daniela Lima

Da CNN, em São Paulo
26 de junho de 2020 às 19:56 | Atualizado 26 de junho de 2020 às 20:17

A negociação da delação premiada de Fabrício Queiroz com o Ministério Público do Rio de Janeiro e a prisão do blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio estão entre os destaques do 5 Fatos Noite desta sexta-feira, 26 de junho de 2020.

Delação premiada

O Ministério Público do Rio de Janeiro e a defesa de Fabrício Queiroz estão negociando um acordo de delação premiada. Segundo fontes envolvidas na investigação, a maior preocupação de Queiroz é com a família. Ele quer garantias e proteções no processo para a mulher dele, Márcia Aguiar de Oliveira, que está foragida, e para as filhas.

Atos antidemocráticos

A Polícia Federal prendeu o blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio. A suspeita é que o canal que ele mantém na internet recebe recursos indevidos. O blogueiro foi preso em um desdobramento do inquérito que apura o financiamento de atos antidemocráticos.

Lava Jato

Os procuradores da força-tarefa da Lava Jato no Paraná acionaram a corregedoria do Ministério Público Federal contra um ato da subprocuradora-geral da República, braço direito de Augusto Aras. Ela tentou copiar o banco de dados da operação, que contém informações sigilosas. O episódio abriu uma crise no órgão. 

Doutorado de Decotelli

O reitor da Universidade de Rosário, na Argentina, disse que o novo ministro da Educação, Carlos Decotelli, não tem o título de doutor pela faculdade de Ciências Econômicas da instituição. Em nota, o MEC informa que Decotelli concluiu, em fevereiro de 2009, todos os créditos do doutorado na Universidade Nacional de Rosário.

Isolamento em SP

O governo de São Paulo prorrogou a quarentena no estado até o dia 14 de julho. Mas a capital paulista e parte da região metropolitana vão passar para a fase amarela do plano de reabertura da economia do estado. Isso significa que, nestas regiões, bares, restaurantes e salões de beleza vão receber autorização para voltar a funcionar a partir do dia 6 de julho.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br.