Contra Covid-19, Bragança Paulista impõe sentido de circulação para pedestres


Leonardo Lopes, da CNN, em São Paulo
29 de junho de 2020 às 16:38 | Atualizado 29 de junho de 2020 às 16:38
Moradores terão de caminhar nas calçadas no mesmo sentido dos veículos

Moradores terão de caminhar nas calçadas no mesmo sentido dos veículos em Bragança Paulista (SP)

Foto: Divulgação/Prefeitura de Bragança

Por conta da pandemia de Covid-19, a prefeitura de Bragança Paulista, no interior de São Paulo, publicou um decreto que dita como os pedestres devem utilizar as calçadas.

A medida, em vigência desde sua publicação em 10 de junho, declara que na "Zona Vermelha", região da cidade com alta densidade de estabelecimentos não essenciais, as pessoas devem seguir determinado sentido de circulação.

Leia também:

SP vai multar pessoas sem máscara e comércio que permitir entrada sem proteção

Covid-19: hospital de campanha do Pacaembu, em São Paulo, é desativado

Em ruas de sentido único para os veículos, as pessoas na calçada do "lado par" devem caminhar no mesmo sentido dos carros. Na calçada com imóveis de numeração ímpar, no sentido oposto.

Já em ruas onde há mão dupla de direção, as pessoas devem caminhar no mesmo sentido dos carros que estão ao seu lado.

O decreto abre uma exceção citando a pista de caminhada ao redor do Lago do Taboão, um ponto turístico local. Nela, bem como em outros parques públicos, a movimentação de pessoas deve ocorrer em sentido horário, para evitar "fluxo cruzado entre as pessoas".