Vale do Ribeira avança 2 fases no plano de reabertura de SP e vai para a amarela

A evolução foi constatada pelos números, já que a região teve diminuição na ocupação de leitos de Covid-19 e também na velocidade de novos casos

Pedro Duran, da CNN em São Paulo
09 de julho de 2020 às 23:31 | Atualizado 10 de julho de 2020 às 00:01

 

O governador João Doria vai anunciar nesta sexta-feira (10) as regiões que poderão avançar no processo de reabertura da economia. O destaque será a região do Vale do Ribeira, que compreende cidades como Iguape, Eldorado, Barra do Turvo e Cananeia.

Classificada atualmente na fase vermelha, de maior restrição, a região vai saltar a fase laranja e passar a se enquadrar na zona amarela, como a capital paulista. Nessa etapa, são permitidos abrir bares e restaurantes, além de salões de beleza.

A evolução foi constatada pelos números, já que a região teve diminuição na ocupação de leitos hospitalares ocupados por pacientes com Covid-19 e também na velocidade de novos casos.

Litoral

Tanto a Baixada Santista quanto o litoral norte do estado, que compreende as praias de São Sebastião, registraram avanço nos números nas últimas semanas e podem evoluir da fase laranja para a fase amarela.

O martelo vai ser batido na manhã desta sexta-feira (10).

Parques estaduais

O governo de São Paulo também vai anunciar nesta sexta a data de reabertura de parques estaduais. Na capital paulista, parques como Villa Lobos e Água Branca não entraram na lista dos que serão reabertos pela prefeitura porque são controlados pelo governo estadual.

A gestão Doria trabalha com duas datas possíveis, 13 e 20 de julho.