Hospital de campanha de Belo Horizonte será inaugurado na próxima segunda-feira

A partir da próxima semana, 30 leitos estarão disponíveis para receber pacientes com o novo coronavírus e mais serão ativados conforme a demanda

Da CNN
11 de julho de 2020 às 15:52

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), anunciou neste sábado que o hospital de campanha de Belo Horizonte começará a funcionar na próxima segunda-feira (13). 

Com um total de 768 leitos, somente 30 estarão ativos para receber pacientes do novo coronavírus na inauguração da unidade. Segundo o governo do estado, os leitos serão ativados de acordo com a demanda, já que considera que o sistema de saúde da capital não está em situação crítica.

Os pacientes serão transferidos de hospitais da região. O hospital de campanha não receberá pessoas diretamente no local, apenas transferências de internações.

Leia mais:

Minas Gerais cria núcleo para monitorar ocupação de UTIs em tempo real

Zema pede prorrogação do estado de calamidade pública em MG até o fim do ano

A unidade é a única do governo estadual e está pronta desde o fim de abril. Ela será aberta dias depois da cidade alcançar 88% de ocupação. Atualmente, a capital tem 370 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) destinados a pacientes com Covid-19.

Minas Gerais contabiliza 73.812 casos confirmados de Covid-19 e 1.550 mortes pela doença desde o início da pandemia.

(Edição: Leonardo Lellis)