Novo secretário do Tesouro, reforma tributária e mais notícias de 15 de julho

As informações mais importantes do começo desta quarta-feira (15)

Da CNN
15 de julho de 2020 às 06:28

A nomeação do economista Bruno Funchal para assumir o cargo como secretário do Tesouro Nacional e os debates sobre a reforma tributária na Câmara são alguns dos destaques da manhã desta quarta-feira, 15 de julho de 2020

Milton Ribeiro

O novo ministro da Educação, Milton Ribeiro, vai tomar posse na quinta-feira (16). A cerimônia terá a participação virtual do presidente Jair Bolsonaro. Na terça-feira (14), o atual secretário-executivo do Ministério, Antônio Paulo Vogel, anunciou que vai deixar a pasta

Eduardo Pazuello

As Forças Armadas pressionam o Planalto e o ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, para que seja decidido se ele será efetivado no cargo. O movimento cresceu depois que o ministro do Supremo, Gilmar Mendes, disse em uma live, que o Exército se associou a um "genocídio".

Reforma tributária

Os debates sobre a reforma tributária devem voltar à Câmara dos Deputados a partir desta quarta-feira (15), de acordo com o  presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Ele aguardava posição do presidente do Congresso, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), para o retorno dos trabalhos da Comissão Mista. Mesmo ainda sem a liberação para que o Senado retome a questão, a Câmara discutirá a PEC.

Bruno Funchal

Mansueto Almeida já tem um substituto, o novo secretário do Tesouro Nacional é o economista Bruno Funchal. A nomeação dele e a exoneração, a pedido, de Mansueto foram publicadas na edição desta quarta-feira (15), do Diário Oficial da União.

Covid-19

O Brasil passou das 74 mil mortes pela Covid-19 na terça-feira (14), segundo o Ministério da Saúde. Em apenas  24 horas, foram confirmadas 1.300 novas mortes pelo novo coronavírus. 

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br