Alckmin indiciado, posse de Milton Ribeiro no MEC e mais da noite de 16 de julho

Assista ao 5 Fatos Noite, apresentado pela âncora da CNN Daniela Lima

Da CNN
16 de julho de 2020 às 19:21 | Atualizado 16 de julho de 2020 às 20:33

O indiciamento de Geraldo Alckmin (PSDB), ex-governador de São Paulo, pela prática dos crimes de corrupção passiva, falsidade ideológica eleitoral e lavagem de dinheiro, e a posse de Milton Ribeiro como ministro da Educação estão entre os destaques do 5 Fatos Noite desta quinta-feira, 16 de julho de 2020.

Geraldo Alckmin

A Polícia Federal indiciou o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, pela suspeita de três crimes: lavagem de dinheiro, falsidade ideológica eleitoral e corrupção passiva. O caso apura supostos repasses feitos pela Odebrecht em 2010 e 2014 à campanhas de Alckmin e que não teriam sido declarados. Alckmin disse à CNN que sequer foi ouvido no processo, mas que está tranquilo e prestará contas.

Ministério da Educação

Milton Ribeiro tomou posse como ministro da Educação. Em seu primeiro discurso, o novo titular do MEC defendeu o diálogo com acadêmicos e educadores. O presidente Jair Bolsonaro participou da cerimônia por videoconferência. 

'Nova CPMF'

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que a sociedade brasileira considera que já paga impostos demais e que seria difícil aceitar mais um. Maia se reuniu nesta semana com o ministro Paulo Guedes para debater a reforma tributária.

Transporte em São Paulo

O Tribunal de Justiça determinou que a prefeitura de São Paulo coloque 100% da frota de ônibus em circulação. A decisão atendeu a um pedido do sindicato dos motoristas, que alegou que a redução da frota durante o isolamento social provocou aglomerações de passageiros.

Hackers

Reino Unido, Estados Unidos e Canadá acusaram um grupo de hackers russos de tentar roubar dados de uma pesquisa sobre vacina e possíveis tratamentos para a Covid-19. 

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br.

(Edição: Bernardo Barbosa)