SP: Mais de 1,3 mil foram advertidos por falta de máscara; ninguém foi multado

Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde Municipal de São Paulo, 1.517 estabelecimentos foram vistoriados desde que o decreto entrou em vigor

Da CNN
16 de julho de 2020 às 10:48 | Atualizado 16 de julho de 2020 às 10:49

Desde que a multa de R$ 500 por não uso de máscara começou a valer em São Paulo, mais de 1,3 mil pessoas foram abordadas e advertidas na capital paulista, segundo a Secretaria de Saúde Municipal de São Paulo.

Até o momento, ninguém foi multado, mas, segundo a secretária, essas pessoas foram orientadas sobre a importância do uso e a forma correta de utilização.

Leia também:

Multa de R$ 500 para quem não usar máscara começa a valer em SP
Saiba como funcionará a fiscalização para quem não usar máscaras em SP
Multa por falta de máscara é educativa, não arrecadatória, diz secretário de SP

Ainda de acordo com a pasta, 1.517 estabelecimentos foram vistoriados desde que o decreto entrou em vigor. A multa para esses locais é de R$ 5 mil por cliente sem a proteção.

Um exemplo: se uma loja deixar quatro pessoas entrarem sem máscara e for flagrada, a penalidade chega a R$ 20 mil.

Uso correto da máscara

Pessoas caminham em rua comercial em São Paulo
Foto: Amanda Perobelli/Reuters

O coordenador executivo do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, João Gabbardo, alerta sobre o papel da máscara na contenção da Covid-19. Para ele, ainda houve uma demora em determinar a obrigatoriedade do uso de máscaras. 

“O Brasil e o mundo demoraram muito para ter iniciado [o uso]. Acho que a OMS [Organização Mundial da Saúde] demorou a recomendar a utilização das máscaras”, afirmou. 

“Muitas vezes, as pessoas saem com a máscara, mas não a usam corretamente. Ela precisa cobrir o nariz e a boca. Essa máscara não poder ficar pendurada no pescoço, ou simplesmente protegendo [somente] a boca. É importante que as pessoas a utilizem adequadamente”, alertou. 

(Edição: Sinara Peixoto)