CEO do Itaú Unibanco diz que banco é sócio, mas também competidor da XP

Raquel Landim entrevista Candido Bracher, CEO do Itaú Unibanco, o maior banco privado da América Latina

Da CNN
19 de julho de 2020 às 23:59 | Atualizado 20 de julho de 2020 às 11:59
 

O CNN Líderes recebe nesta semana Candido Bracher, CEO do Itaú Unibanco. Ele comanda o maior banco privado da América Latina, que emprega 95 mil funcionários e soma 56 milhões de clientes.

Em entrevista à analista de economia Raquel Landim, Bracher, fala sobre as rusgas públicas entre o Itaú Unibanco e a XP Investimentos.

No mês passado, o Itaú veiculou um comercial criticando o modelo de negócio da XP, o que provocou forte reação da corretora. Bracher explica que o Itaú é sócio e, ao mesmo tempo, competidor da XP, e lembra o regulamento imposto pelo Banco Central que limita a atuação do Itaú e impede o possível controle da corretora no futuro.

Bracher disse ainda que os bancos brasileiros estão concedendo mais crédito, apesar da pandemia. “Algo que funciona muito bem nesta crise, até aqui, é o sistema financeiro. Ninguém teve dúvidas sobre a segurança dos seus depósitos. Isso ocorre porque os bancos são sólidos, bem administrados e procuram zelar pela qualidade da sua carteira de crédito”, explicou. 

Para o CEO do Itaú Unibanco, “os bancos foram muito fortes no primeiro momento em conceder a extensão no prazo dos créditos. No início, foram 60 dias e, depois, mais de cinco milhões de financiamentos, alongamentos com carências de 120 a 180 dias”. 

Clique no vídeo acima e assista à íntegra da entrevista no CNN Líderes.

(Edição: Marcio Tumen Pinheiro)