Mais 6 parques estaduais reabrem nesta segunda-feira em São Paulo; veja quais

Locais ainda funcionam com restrição de capacidade e horário, e os frequentadores precisam seguir protocolos de higiene e distanciamento

Estadão Conteúdo
20 de julho de 2020 às 10:38

Mais seis parques estaduais serão reabertos na capital paulista a partir desta segunda-feira (20). Os locais ainda funcionam com restrição de capacidade e horário - somente das 10h às 16h, de segunda a sexta-feira -, e os frequentadores precisam seguir protocolos de higiene e distanciamento. 

Os parques estaduais reabertos hoje são Parque da Juventude, Horto Florestal, Jequitibá, Jacuí, Biacica e Jardim Helena.

Espaços fechados como bibliotecas, salas de atividades, museus e orquidários dentro desses locais continuam com restrições. 

Assista e leia também:

SP: Parques devem voltar a abrir aos finais de semana em agosto, diz secretário

Parques de SP terão agentes orientando e impedindo aglomerações, diz secretário

Visão Responde: saiba que cuidados tomar para ir a parques e academias

São permitidas atividades físicas individuais como corridas, caminhadas e ciclismo, mas quadras, campos e parquinhos estão proibidos. O uso de máscara é obrigatório. Barracas de alimentação devem seguir as regras específicas do setor e há totens com álcool em gel para os visitantes.

As unidades de conservação Jaraguá e Cantareira (Núcleo Pedra Grande) seguem os mesmos horários, mas as visitas devem ser agendadas com uma antecedência mínima de 24 horas no site da Fundação Florestal e os locais vão respeitar uma ocupação de apenas 30% da capacidade. 

No dia 13, foram reabertos o Zoológico e o Zoosafari. Eles podem ser visitados de segunda a sexta, das 10h às 16h, e sábados, domingos e feriados, das 9h às 16h, com restrição de 50% dos ingressos. O Jardim Botânico também funciona no mesmo esquema, com exceção para as segundas-feiras, quando o local fica fechado para manutenção.

Também no dia 13, a Prefeitura liberou o funcionamento de 70 dos 108 parques municipais de São Paulo, entre eles os parques do Ibirapuera e do Carmo.