Homem destrói homenagem a vítimas do rompimento da barragem de Brumadinho

Uma cerimônia foi realizada para relembrar a tragédia ocorrida há um ano e meio. Horas após o evento, um homem vandalizou o local

Da CNN
27 de julho de 2020 às 18:54

O último sábado (25) marcou um ano e meio da tragédia provocada pelo rompimento de uma barragem da Vale em Brumadinho (MG). Membros da Associação de Familiares das Vítimas de Brumadinho realizaram uma homenagem na cidade e pediram a retomada das buscas pelos 11 corpos que continuam desaparecidos. Após a cerimônia, um homem foi flagrado destruindo balões colocados no local com os nomes das vítimas.

Uma integrante da associação de familiares das vítimas disse à CNN que, ao ver o local depredado, um homem se aproximou dela e disse que não sabia quem tinha feito aquilo. Após a repercussão do vídeo, a mulher disse que o homem que conversou com ela é o mesmo que aparece vandalizando o local.

Leia também:

Brumadinho: Vale terá que aportar R$7,9 bi em garantias até 23 de julho

Justiça exige da Vale R$ 7,9 bi em garantias para multas por Brumadinho

Juíza condena Vale a pagar R$ 5 milhões em indenização para vítima de Brumadinho

A Polícia Civil de Minas Gerais disse que nenhum boletim de ocorrência foi registrado sobre o caso. A corporação disse também que vai dar prosseguimento à investigação se for comprovado crime.

As buscas pelos 11 corpos que continuam desaparecidos foram suspensas em março por conta da pandemia. O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais chegou a marcar o retorno das operações para junho, mas como a Covid-19 ainda avança pelo estado, a retomada foi adiada. 

(Edição: Bernardo Barbosa)