Adiamento da 1ª reunião sobre reforma tributária e mais da tarde de 30 de julho

5 Fatos Tarde, apresentado por Luciana Barreto, repercute principais notícias do Brasil e do mundo 

Da CNN
30 de julho de 2020 às 12:58 | Atualizado 30 de julho de 2020 às 13:04

O adiamento da primeira reunião sobre a proposta de reforma tributária no Senado, a operação contra fraudes em compra de testes rápidos e os desdobramentos da noite de violência em Botucatu, no interior de São Paulo, estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta quinta-feira, 30 de julho de 2020. 

Botucatu 

A cidade de Botucatu, no interior do estado de São Paulo, registrou episódios de violência durante a noite de quarta-feira (29) e madrugada desta quinta (31). Houve troca de tiros e explosões que assustaram moradores. Segundo a Delegacia Seccional de Polícia do município, durante a madrugada, uma quadrilha armada conduziu ataques simultâneos a agências bancárias.

Reforma tributária

O presidente do Congresso, Davi Alcolumbre (DEM-AP), decidiu adiar a primeira reunião da Comissão Mista que analisa a reforma tributária, prevista para esta quinta-feira (30). De acordo com o presidente da comissão, senador Roberto Rocha (PSDB-MA), motivos técnicos levaram ao adiamento. Segundo o âncora Caio Junqueira, da CNN,  a reunião deve ocorrer na próxima terça-feira, 4 de agosto. 

Impostos

Os impostos da proposta de reforma tributária são os campeões de processos no Supremo Tribunal Federal (STF), segundo um levantamento da Fundação Getúlio Vargas (FGV). A pesquisa analisou os processos discutidos no Supremo desde a Constituição de 1988. 

Fraude em compra de testes

A Polícia Federal faz uma operação em três estados contra fraudes na compra de testes rápidos da Covid-19. A Secretaria Estadual de Saúde de Rondônia é um dos alvos. Ao todo são cumpridos 13 mandados de busca e apreensão em Porto Velho, capital do estado, e nas cidades de Itajaí e Balneário Camboriú, em Santa Catarina, e no estado do Rio de Janeiro.

Economia dos EUA

A economia dos Estados Unidos sofreu uma contração recorde de quase 33% no segundo trimestre de 2020, segundo dados divulgados pelo Escritório Oficial de Estatísticas do Departamento do Trabalho americano. Foi a maior contração desde a Grande Depressão, no início do século passado, porque a pandemia atingiu fortemente os gastos das famílias e das empresas.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

 

(Edição: Sinara Peixoto)