Greve nos Correios, rombo nas contas públicas e mais da tarde de 31 de julho

As principais notícias da tarde desta sexta-feira

Da CNN
31 de julho de 2020 às 12:52 | Atualizado 31 de julho de 2020 às 12:55

A greve de funcionários dos Correios marcada para a próxima semana e o novo recorde negativo nas contas públicas estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta sexta-feira, 31 de julho de 2020. 

Correios

Os funcionários dos Correios marcaram uma greve por tempo indeterminado a partir da próxima terça-feira (4). A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect) reivindica reajuste salarial. Segundo a colunista Basília Rodrigues, o governo teme uma nova crise na pandemia.

Weintraub 

Abraham Weintraub foi confirmado como diretor do Banco Mundial e começará a trabalhar na instituição já na próxima segunda-feira (3). Segundo a colunista Renata Agostini, o ex-ministro da Educação, que está nos Estados Unidos desde o dia 20 de junho, já fez algumas reuniões para conhecer a nova equipe. "Não esperem barulho. Trabalho em banco é em silêncio", disse Weintraub sobre o início das atividades no banco.

Imposto de Renda

A Receita Federal paga nesta sexta a restituição do terceiro lote do Imposto de Renda da Pessoa Física para quase 4 milhões de contribuintes. Os pagamentos totalizam cerca de R$ 5,7 bilhões. 

Contas públicas

Em novo recorde, o rombo nas contas públicas chegou a R$ 188,6 bilhões em junho. Esse é o maior valor já registrado em todos os meses da série histórica, iniciada em 2001.

Covid-19

A ONG Transparência Internacional classifica como "regular" o grau de transparência das compras públicas o governo federal no combate à Covid-19. A avaliação foi divulgada em relatório que também analisou governos estaduais e prefeituras de capitais. Em uma escala de zero a 100, a ONG deu nota 49,3 pontos ao governo federal, enquanto a média dos outros entes avaliados foi de 85 pontos.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

(Edição: Leandro Nomura)