Mundo Pós-Pandemia entrevista Cármen Lúcia, ministra do STF

Na conversa, ela trata de assuntos como a atuação do Judiciário durante a crise de saúde, os conflitos entre poderes e o papel da mulher no pós-pandemia

Da CNN
31 de julho de 2020 às 05:00
A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia é a entrevistada do Mundo Pós-Pandemia nesta sexta-feira (31)
Foto: Foto: Nelson Jr./SCO/STF - Agência Brasil

O Mundo Pós-Pandemia de sexta-feira (31) entrevista a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia. Na conversa, que vai ao ar às 22h30, ela trata de assuntos como a atuação do Judiciário durante a crise de saúde, os conflitos entre poderes e o papel da mulher no pós-pandemia.

"É um tema tão melancólico chegar a 2020 tendo de achar forças para continuar a lutar para que nossas meninas não tenham que discutir esse tema. Esta é uma doença grave, a doença do preconceito e não acreditar que a mulher não é um ser humano igual ao outro", diz a ministra sobre o machismo no Brasil.

Leia e assista também:

'Esta crise é a mais violenta que já vi em toda a minha vida', diz Abilio Diniz

'A gente tem que se adaptar a uma nova realidade', conta Vera Fischer

Paula Lima e Elisa Lucinda debatem elo entre mulheres: 'dar voz a quem não tem'

Cármen Lúcia também fala sobre os desafios impostos à atuação do Judiciário, analisando temas como audiências online e judicialização da crise sanitária.

Nascida em Montes Claros (MG), a ministra é professora titular de direito constitucional na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Magistrada, atua no Supremo desde 2006, Corte que presidiu entre 2016 e 2018. Ela também presidiu o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) entre 2012 e 2013.

Cármen Lúcia é entrevistada pelas jornalistas da CNN Luciana Barreto e Thaís Herédia e a comentarista Lia Bock. O comando da atração é da âncora Daniela Lima.

A CNN está no canal 577 nas operadoras Claro/Net, Sky e Vivo. Para outras operadoras, veja aqui como assistir à CNN.

(Edição: Bernardo Barbosa)