Sem custo, Senai conserta mais de 2 mil respiradores mecânicos para hospitais

Equipamentos são devolvidos para unidades de saúde de mais de 336 cidades, em 24 estados e no Distrito Federal

Da CNN
11 de agosto de 2020 às 10:12

Em iniciativa voluntária em meio à pandemia da Covid-19, indústrias ligadas ao Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) já consertaram, sem custos, mais de 2 mil respiradores mecânicos desde 30 de março.

A ação ocorreu graças a uma rede voluntária que inclui 28 empresas e instituições coordenadas pelo Senai. Os equipamentos foram devolvidos a hospitais de mais de 336 cidades, em 24 estados e no Distrito Federal.

Leia e ouça também:

Empresas ajudam no reparo de respiradores para hospitais públicos em MG
E Tem Mais: Respiradores e a busca de alternativas para salvar vidas
Brasil registra mais 22 mil casos e 703 mortes por Covid-19

Profissional participa de ação do Senai, que consertou, sem custo, mais de 2 mil respiradores
Foto: Reprodução/CNN (11.ago.2020)

O número de equipamentos reparados ainda pode aumentar, já que a rede voluntária recebeu quase 4 mil respiradores, sendo que cerca de mil ainda estão na manutenção e 200 estão sendo calibrados.

Cada respirador pode salvar até dez vidas. Ao todo, o país soma 3.057.470 diagnósticos e 101.752 mortes pela doença causada pelo novo coronavírus, segundo os dados atualizados do Ministério da Saúde.

(Edição: André Rigue)