Aumento de empregos formais, auxílio emergencial e mais da noite de 21 de agosto

Assista ao 5 Fatos Noite apresentado pela âncora da CNN Daniela Lima

Da CNN, em São Paulo
21 de agosto de 2020 às 19:19 | Atualizado 21 de agosto de 2020 às 19:31

O aumento no número de vagas de emprego formal, segundo o Ministério da Economia, e a declaração do presidente Jair Bolsonaro de que o auxílio será prorrogado até dezembro são os destaque do 5 Fatos da Noite de 21 de agosto.

Caso PowerPoint de Dallagnol

O ministro do Supremo, Edson Fachin, é o relator da ação em que o ex-presidente Lula contesta os adiamentos de julgamento contra o procurador Deltan Dallagnol, no caso PowerPoint, no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Banqueiro André Esteves

O ministro Gilmar Mendes suspendeu os efeitos da busca e apreensão contra o banqueiro André Esteves baseada na delação de Antônio Palocci. Na decisão, Mendes levou em conta o fato de que o próprio delegado da Polícia Federal admitiu que a delação de Palocci não tem provas suficientes.

Empregos formais

O mercado de trabalho reagiu em julho e criou 130 mil vagas de emprego formal. É o que aponta o Caged divulgado hoje pelo Ministério da Economia. O resultado ficou acima do registrado em julho de 2019, quando foram criadas 43.820 vagas formais.

Prorrogação do auxílio emergencial

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje que o auxílio emergencial será prorrogado até dezembro, mas não confirmou o valor. A declaração foi feita durante um evento no Rio Grande do Norte.

Ida de Guedes ao Senado

Aliados de Paulo Guedes tentam evitar a ida no ministro ao Senado. Ele criticou a Casa após o aval a reajuste de servidores públicos.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br.

(Edição: Sinara Peixoto)