Justiça do RS dá 24 horas para Marchezan apresentar defesa contra impeachment

Vereadores questionam a retirada de R$ 3,1 milhões do Fundo Municipal da Saúde para aplicar em ações de publicidade

Julyanne Jucá Da CNN, em São Paulo
22 de agosto de 2020 às 09:32
A Justiça do Rio Grande do Sul concedeu, na tarde desta sexta-feira (21/08), o prazo de 24 horas para que o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Jr., apresente sua defesa no processo de impeachment. 

O juiz Hilber Maximiliano Akihito Obara atendeu parcialmente o pedido da prefeitura, visto que o prazo original de 10 dias seria encerrado nesta sexta. A solicitação previa dois dias para apresentação da defesa, no entanto, foi concedido metade do tempo de 24 horas úteis.

Leia e assista também

Câmara de Porto Alegre aprova abertura de processo de impeachment de Marchezan

No mandado de segurança, a prefeitura alegou que o ofício da Câmara dos Vereadores não continha a íntegra dos autos, além de reclamar da demora na autorização para acesso ao processo eletrônico. 

A abertura do processo de impeachment contra Marchezan foi aprovada em 5 de agosto, por 31 votos a 4. Os vereadores questionam a retirada de R$ 3,1 milhões do Fundo Municipal da Saúde para aplicar em ações de publicidade.