SP: Policial que pisou em pescoço de mulher em Parelheiros é indiciado

Segundo o advogado da vítima, o policial foi indiciado por abuso de autoridade

Giovanna Bronze, da CNN, em São Paulo
25 de agosto de 2020 às 00:34

A Polícia Civil do Estado de São Paulo decidiu instaurar um inquérito policial para apurar abuso de autoridade nos policiais envolvidos no caso de Parelheiros, no qual um agente de segurança aparece pisando no pescoço de uma mulher.

Segundo o advogado da vítima, o policial foi indiciado por abuso de autoridade. O inquérito policial foi relatado e a promotora requereu os autos da polícia militar.

Leia também:
Menino de 11 anos morre após receber descarga elétrica de celular carregando

A defesa está tentando convencer o promotor a denunciar os envolvidos por tentativa de homicídio

"O inquérito policial instaurado pelo 25º DP foi relatado com o indiciamento do policial por abuso de autoridade. O Inquérito Policial Militar está em andamento e os policiais seguem afastados do serviço operacional", afirmou a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, em nota.