Filha e neta de Flordelis pedem conversão de prisão preventiva em domiciliar


Jairo Nascimento e Stéfano Salles, da CNN no Rio
26 de agosto de 2020 às 16:25
Flordelis na Câmara dos Deputados

Flordelis na Câmara dos Deputados

Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados (12.dez.2018)

Responsável pela defesa de quatro filhos da deputada federal Flordelis (PSD) e de uma neta, o advogado Luiz Felipe Alves informou à CNN nesta quarta-feira que pediu a conversão de duas prisões preventivas em domiciliar.

A solicitação foi feita para Simone dos Santos Rodrigues, filha biológica da parlamentar, e Rayane dos Santos Oliveira, filha adotiva de Simone. As duas foram presas na segunda-feira, quando foi deflagrada a operação Lucas 12, da Polícia Federal. 

Leia mais:
Após caso Flordelis, 26 senadores pressionam Maia a pautar fim do foro

Segundo o advogado, a situação de saúde de Simone é delicada e inspira cuidados especiais. “Ela tem câncer e 33 nódulos no corpo. Um tumor está muito grande e ela já estava até com cirurgia marcada. A outra (neta) é por estar amamentando, ela tem uma filha de cinco meses de idade. Então, em razão desses motivos, por razões de humanidade, deve ser convertida a prisão preventiva em domiciliar”, afirmou Luiz Felipe Alves. 

Simone chegou a passar mal na segunda-feira, quando estava na Delegacia de Homicídios de Niterói, Região Metropolitana do Rio, e foi atendida por profissionais do Samu. No local, os policiais disseram no dia que permitiram que ela levasse remédios para o tratamento oncológico.