Nota de R$ 200, reforma administrativa e mais notícias da tarde de 2 de setembro


Da CNN
02 de setembro de 2020 às 12:53

O lançamento da nota de R$ 200, os detalhes da proposta de reforma administrativa e a ausência brasileira no ranking das 200 melhores universidades do mundo estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta quarta-feira, 2 de setembro de 2020.

Nota de R$ 200

A nota de R$ 200 começa a circular nesta quarta-feira (2) em território nacional. De acordo com o Banco Central, a necessidade de uma nova cédula veio para suprir a alta na demanda do dinheiro em espécie. Críticos à medida consideram que a nota de alto valor pode facilitar crimes e fraudes financeiras. A nova cédula será a sétima da família de notas do real e terá como imagem o lobo-guará.

Portaria revogada

O governo federal revogou a portaria que incluía a Covid-19 na lista de doenças relacionadas ao trabalho e dava estabilidade de emprego por um ano aos trabalhadores. Uma nova portaria invalidando a anterior foi publicada no Diário Oficial da União.

Reforma administrativa

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da reforma administrativa, que o governo vai encaminhar ao Congresso Nacional, prevê uma espécie de núcleo duro de servidores públicos que não serão impactados pela mudança nas regras. Segundo a colunista Basília Rodrigues, a PEC vai proteger as carreiras típicas de estado, como auditores, advogados públicos e oficiais de chancelaria do Itamaraty.

Educação

A Times Higher Education divulgou o ranking anual das melhores universidades do mundo. Nenhuma instituição brasileira está entre as 200 melhores. A Universidade de Oxford, na Inglaterra, manteve o primeiro lugar mundial. Entre as 10 melhores avaliadas, oito são dos Estados Unidos e duas da Inglaterra.

Covid-19

As pessoas infectadas pela covid-19 podem precisar esperar mais de um mês antes de serem testadas novamente para saber se eliminaram o vírus, e um em cada cinco resultados negativos do teste podem ser falsos. Essa é a conclusão de um estudo publicado no British Medical Journal. Pesquisadores da Universidade de Modena na Itália estudaram 1.162 pacientes que tiveram resultado positivo para covid-19, usando um teste PCR.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

(Edição: Sinara Peixoto)