STF mantém Witzel afastado no RJ, condenação de Cunha e mais de 10 de setembro

As informações mais importantes do começo desta quinta-feira (10)

Da CNN
10 de setembro de 2020 às 06:39 | Atualizado 10 de setembro de 2020 às 07:07

A decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, de manter o afastamento de Wilson Witzel (PSC) do governo do Rio de Janeiro e a condenação do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha a 15 anos de prisão são alguns destaques da manhã desta quinta-feira, 10 de setembro de 2020.

Arroz com tarifa zero

O Brasil autorizou a isenção da tarifa para importação de 400 mil toneladas de arroz até o fim do ano. A medida foi publicada nesta quinta-feira (10) no Diário Oficial da União (DOU) e tem como objetivo combater a forte alta dos preços do produto.

Eduardo Cunha

A defesa do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha vai recorrer da condenação a 15 anos de prisão por crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A sentença foi proferida pelo juiz federal Luiz Antonio Bonat, substituto de Sérgio Moro como líder da Java Jato na 13ª Vara Federal de Curitiba. A Procuradoria-Geral da República (PGR) decidiu prorrogar os trabalhos da força-tarefa no Paraná até 31 de janeiro.

Wilson Witzel 

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, negou um pedido do governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC-RJ), para voltar ao cargo. Witzel é investigado por envolvimento em fraudes e desvio de verbas da área da saúde e deve ficar 180 dias afastado do governo.

Vacina de Oxford

Pesquisadores brasileiros foram comunicados em junho do primeiro caso grave de reação adversa durante o teste da vacina de Oxford para Covid-19. A informação é do âncora da CNN Kenzô Machida. Os testes do imunizante foram suspensos nesta semana depois de reações adversas em segundo voluntário.

Vacina russa no Brasil

A Bahia é o segundo estado brasileiro a fechar acordo com a Rússia para testar a vacina contra a Covid-19. O Paraná já havia assinado um memorando de entendimento com os russos no mês passado. Moscou anunciou que vai começar nesta semana a terceira e última fase de testes clínicos da Sputnik V. 

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

(Edição: André Rigue)