PF intima Moro a depor, STF manda Bretas se manifestar e mais de 18 de setembro

Assista ao 5 Fatos Noite apresentado pela âncora da CNN Carol Nogueira

Da CNN, em São Paulo
18 de setembro de 2020 às 19:19 | Atualizado 18 de setembro de 2020 às 19:23

A intimação da Polícia Federal para que Sergio Moro preste depoimento na condição de testemunha e a ordem do STF para que Marcelo Bretas se manifeste em cinco dias sobre a Operação E$quema S estão entre os destaques do 5 Fatos Noite desta sexta-feira, 18 de setembro de 2020.

Depoimento de Moro

A Polícia Federal intimou o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, a prestar depoimento no inquérito sobre os atos antidemocráticos. Moro será ouvido como testemunha. O depoimento está previsto para 2 de outubro em Curitiba.

Marcelo Bretas

O ministro Gilmar Mendes deu cinco dias para que o juiz federal Marcelo Bretas preste informações ao STF sobre a Operação E$quema S, que investiga advogados suspeitos de desviar mais de R$ 150 milhões da Fecomércio do Rio de Janeiro. O processo corre sob sigilo.

Lula

A defesa de Lula pediu que a denúncia por lavagem de dinheiro apresentada pela força-tarefa da Lava Jato do Paraná contra o ex-presidente não seja julgada pela Justiça federal de Curitiba. Os advogados alegam que Curitiba não tem competência para julgar o caso, já que não há vínculos com a Petrobras.

Retorno às agências do INSS

O governo federal determinou que médicos peritos do INSS voltem imediatamente ao trabalho. A convocação vale para profissionais de 150 agências que passaram por vistoria e estão liberadas para o trabalho presencial. Quem não retornar pode ter descontos nos salários.

Israel em lockdown

Israel entrou no segundo "lockdown" em menos de seis meses por causa do aumento no número de casos de coronavírus. A medida entra em vigor hoje, no dia em que começa o ano novo judaico.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br.

(Edição do texto: Paulo Toledo Piza).