'Multas vão chegar no momento oportuno', diz diretor do Detran de São Paulo

Raul Vicentini diz que a suspensão das notificações de infração de trânsito foi decidida para ajudar quem não conseguiria entrar com recurso devido à pandemia

Da CNN
24 de setembro de 2020 às 12:39

O diretor de habilitação do Detran de São Paulo, Raul Vicentini, falou à CNN, nesta quinta-feira (24), sobre os motoristas infratores não estarem recebendo as multas de trânsito desde março – o início da pandemia da Covid-19 no Brasil – e assegurou que as notificações vão começar a chegar "no momento oportuno".

"O cidadão não está recebendo neste momento, mas os órgãos autuadores, por meio das suas fiscalizações, estão fazendo as autuações", disse. "No momento oportuno, essas multas vão chegar. Ele vai receber e a conta pode vir um pouco mais salgada, então pedimos para que as pessoas fiquem vigilantes em relação às atuações para que o trânsito fique mais seguro", declarou ele.

Leia e assista também:
Câmara aprova projeto de lei que aumenta validade da CNH
Especialista diz que mudanças na CNH vão aumentar mortes no trânsito
Poupatempo Digital de SP tem renovação de CNH e pedido de seguro-desemprego

O diretor de Habilitação do Detran-SP, Raul Vicentini, fala à CNN
Foto: CNN (24.set.2020)

Vicentini ainda explicou que os motoristas que forem notificados ainda terão o prazo para recorrer e que ele só vale a partir do momento da notificação. "Os condutores vão ter essa condição de defesa", acrescentou.

O diretor do Detran de São Paulo ainda lembrou que a suspensão das notificações de infração foi decidida para ajudar quem não conseguiria entrar com recurso por conta do período de pandemia da Covid-19.

"Veio para atender todos aqueles que teriam que ir fisicamente aos postos das unidades para poder protocolar os recursos das multas", concluiu.

(Edição: André Rigue)