Promoção de procuradores suspensa, 1º voo do novo caça e mais de 24 de setembro

Assista ao 5 Fatos Noite apresentado pela âncora da CNN Carol Nogueira

Da CNN, em São Paulo
24 de setembro de 2020 às 19:29

A decisão da AGU de suspender a promoção que levou 606 procuradores ao topo da carreira e o primeiro voo do novo caça da Força Área Brasileira estão entre os destaques do 5 Fatos Noite desta quinta-feira, 24 de setembro de 2020.

Promoção em massa

A Advocacia-Geral da União (AGU) decidiu suspender a promoção em massa de 606 procuradores federais ao topo da carreira, com salários acima de R$ 27 mil.

INSS

O governo conseguiu reverter a decisão da Justiça que suspendeu a convocação de peritos médicos. Fica valendo a portaria que convocou os servidores ao trabalho.

Manaus

O governo do Amazonas voltou a decretar o fechamento de bares e balneários de Manaus por causa do aumento nos casos de Covid-19. A medida vale por 30 dias. As aulas presenciais do ensino médio estão mantidas.

Estados Unidos

Nos Estados Unidos, um jovem de 26 anos foi preso suspeito de atirar contra dois policiais durante um protesto no Kentucky. As marchas contra a violência racial voltaram às ruas depois que o tribunal decidiu pelo indiciamento de apenas um dos oficiais envolvidos na morte da jovem negra Breonna Taylor.

Caça Gripen

O novo caça da Força Área Brasileira fez hoje o primeiro voo. Foi do aeroporto de navegantes, litoral de Santa Catarina, para Gavião Peixoto, no interior de São Paulo. O caça fabricado na Suécia é o primeiro de 36 unidades compradas pelo Brasil em 2014. Na época, a então presidente Dilma Rousseff assinou um contrato para adquirir os aviões por US$ 4,5 bilhões.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br