Chefe do PCC foragido, 150 mil mortes por Covid-19 e mais de 12 de outubro

As informações mais importantes do começo desta segunda-feira, 12 de outubro

Da CNN
12 de outubro de 2020 às 07:39

Os efeitos da decisão que soltou André do Rap, como é conhecido o chefe do grupo criminoso PCC, e as 150 mil mortes por Covid-19 no Brasil são alguns dos destaques do 5 Fatos Manhã desta segunda-feira, 12 de outubro de 2020. 

André do Rap

A soltura de André Oliveira Macedo, o André do Rap, que é chefe da facção criminosa PCC, provocou atritos em Brasília. Após o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandar soltar o traficante, o presidente da Corte, Luiz Fux, determinou novamente a prisão. Mas o criminoso ainda está foragido. A polícia trabalha com a hipótese de que André do Rap, como é conhecido, tenha fugido do país. Já os dois ministros trocaram farpas após entendimentos diferentes sobre a lei.

Eduardo Braga

O senador Eduardo Braga, líder do MDB no senado e relator da indicação de Kassio Nunes ao Supremo Tribunal Federal, testou positivo para a Covid-19. Mesmo assim, o parlamentar garantiu à CNN que vai entregar relatório da indicação na quarta-feira (14).

Mortes por Covid-19

Já são mais de 150 mil mortes pelo novo coronavírus no Brasil. Nesse domingo (11), foram registradas 290 vitimas da doença. O total chega a 150.488 e 5.094.979 de casos, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

Caso Marielle

O Ministério Público do Rio de Janeiro solicitou à Justiça que o Google seja multado em R$ 100 mil por dia por descumprir ordem judicial. Os procuradores querem dados de geolocalização e de  buscas na plataforma pela agenda da vereadora Marielle Franco, na semana anterior à morte dela. O Google tem negado as informações por considerar risco à privacidade dos usuários.

Lakers campeão

Foi emocionante. O Los Angeles Lakers foi o grande campeão da NBA e conquistou o decimo setimo titulo após dez anos sem ganhar. O time de LeBron James venceu o Miami Heat por 106 a 93 e encerrou a série final em 4 a 2. A vitoria dos Lakers foi dedicada a Kobe Bryant, que morreu em um acidente em janeiro deste ano.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br