Interpol e Ministério da Justiça incluem André do Rap na lista de procurados


Caio Junqueira
Por Caio Junqueira, CNN  
13 de outubro de 2020 às 22:53 | Atualizado 14 de outubro de 2020 às 01:32
André Oliveira Macedo, o André do Rap, do PCC

André Oliveira Macedo, o André do Rap, do PCC

Foto: Reprodução/CNN Brasil (12.out.2020)

A Interpol atendeu ao pedido da Polícia Federal e incluiu o traficante André do Rap na lista vermelha de procurados mundiais.

O pedido de incluir o traficante na lista da Interpol foi feito pela PF na segunda-feira e efetivada nesta terça, segundo a corporação. O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) também colocou em sua lista André do Rap, apontado como um dos líderes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

Leia mais:
Marco Aurélio Mello: 'Não busco acompanhar cegamente entendimento de colega'
Decisão de Marco Aurélio sobre André do Rap deve ser revertida por ministros
Justiça rejeitou novo pedido de prisão de André do Rap antes de soltura

Com isso, o traficante passa a integrar a lista de todos os países parceiros da Interpol e, em tese, facilitam as suas buscas.

Autoridades com quem a CNN conversou colocam dois possíveis destinos para ele: Paraguai e Bolívia. Mas são pessimistas quanto a sua rápida localização.

(Com informações da Reuters).