Reinfecção por Covid-19, suspensão de testes da Johnson e mais de 13 de outubro

As notícias mais importantes da manhã desta terça-feira (13)

Da CNN
13 de outubro de 2020 às 06:36

Suspensão de testes dos estudos da vacina contra a Covid-19 realizado pela Johnson & Johnson, novo caso de reinfecção por coronavírus e as explicações do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que será questionado hoje por senadores sobre a atuação de combate às queimadas no Pantanal, são alguns dos destaques da manhã desta terça-feira, 13 de outubro.

Vacina

A Johnson & Johnson anunciou a suspensão dos estudos da vacina contra a Covid-19. O anúncio foi feito após um dos voluntários apresentar uma doença. A empresa não deu detalhes, mas afirmou que eventos adversos são parte esperada de qualquer estudo clínico.

André do Rap

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, deve enviar ao plenário da Corte o caso de André Macedo, chefe do PCC. A colunista da CNN Thais Arbex apurou que os ministros devem se debruçar sobre o caso, após o episódio que causou desgaste entre Fux e o ministro Marco Aurélio. Conhecido como André do Rap, o traficante continua foragido e deve ter o nome incluído na lista da Interpol.

Ricardo Salles

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, será questionado nesta terça-feira (13) por senadores sobre a atuação do governo no combate às queimadas no Pantanal. Os incêndios no bioma se intensificaram desde o meio do ano. Segundo dados da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mais de 26% do Pantanal já foi devastado apenas em 2020.

Reinfecção por Covid-19

Mais um caso de reinfecção por Covid-19 foi divulgado. Segundo publicação da revista médica The Lancet, um homem de 25 anos, dos Estados Unidos, foi infectado com duas variedades diferentes do novo coronavírus num período de 48 dias. Esse é ao menos o 5º caso de reinfecção registrado cientificamente no mundo. 

Auxílio emergencial


A Caixa Econômica Federal libera nesta terça-feira (13) saques do auxílio emergencial para 4 milhões de beneficiários nascidos em agosto. Essa é a última parcela de R$ 600 para esse grupo, mas a ajuda deve seguir até dezembro com parcelas de R$ 300.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

(Edição: André Rigue)