Porto Alegre autoriza eventos e abertura de cinemas, teatros e casas de shows

No entanto, o funcionamento não poderá exceder 30% da capacidade máxima de ocupação para cinemas e casas de shows e 50% no caso dos eventos

Pedro Costa*, da CNN, em São Paulo
20 de outubro de 2020 às 17:57 | Atualizado 20 de outubro de 2020 às 18:04

A Prefeitura de Porto Alegre autorizou a realização de eventos (sociais e corporativos), feiras de negócios e a abertura de cinemas, teatros, auditórios, casas de espetáculos, casas de shows, circos e similares.

As atividades estavam proibidas desde o início da pandemia. O decreto municipal com as liberações foi publicado nesta segunda-feira (19).

No entanto, o funcionamento não poderá exceder 30% da capacidade máxima de ocupação do local para cinemas, casas de shows e similares, e 50% para eventos corporativos e sociais. Todos deverão ter até 250 pessoas simultâneas e exclusivamente sentadas. 

Eventos com mais de 250 pessoas em espaços privados dependem de análise técnica da prefeitura e poderão ser liberados a partir de 16 de novembro.  

Assista e leia também:

RealTime Big Data: Manuela d'Ávila lidera com 24% em Porto Alegre
Candidatos falam sobre propostas para Porto Alegre nas sabatinas da CNN; assista

Movimentação em terminal rodoviário de Porto Alegre durante pandemia da Covid-19
Foto: José Carlos Daves/Agência F8/Estadão Conteúdo (24.set.2020)

O decreto também vale para multifeiras e food parks, em espaços públicos e privados. Netes casos, o promotor será responsável pelo cumprimento das regras de distanciamento, cercamento e controle de aglomeração. 

A autorização também libera o funcionamento de Centros de Tradição Gaúcha (CTGs), de eventos esportivos e ampliou a capacidade máxima para realização de missas, de 250 para 350 pessoas simultaneamente. 

(*Supervisão de Evelyne Lorenzetti)