Recursos ao Ibama, debate nos Estados Unidos e mais da tarde de 22 de outubro

5 Fatos Tarde, apresentado por Luciana Barreto, repercute principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN
22 de outubro de 2020 às 13:43

 

A liberação de recursos ao Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o debate nos Estados Unidos entre Trump e Biden e a importação de vacinas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta quinta-feira, 22 de outubro de 2020.

Ibama

O Ibama determinou que todos os agentes em trabalho no combate a incêndios florestais no Pantanal e na Amazônia retornem para suas bases, a partir de meia-noite desta quinta. Mas, segundo informações exclusivas do colunista Igor Gadelha, da CNN, o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) disse que o governo vai liberar recursos para manter as operações. Os números de focos de incêndio nos dois biomas até agora já ultrapassam o registrado em todo ano de 2019.

Banco Central

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), adiou a votação do projeto de autonomia do Banco Central para o dia 3 de novembro. A proposta estava prevista ontem mas não houve acordo entre os líderes da Casa. Alcolumbre argumentou que só pautaria a medida se houvesse acordo para um pacote de três projetos discutidos no Senado.

Debate nos EUA

A CNN Brasil transmite hoje, a partir das 21h, o segundo e último debate da eleição presidencial dos Estados Unidos. O republicano e candidato à reeleição Donald Trump e o democrata Joe Biden voltam a se encontrar dessa vez em Nashville, no Tennessee. O debate terá duração de uma hora e meia com seis blocos temáticos, de 15 minutos cada. Veja como assistir.

WhatsApp

O Facebook anunciou que o WhatsApp vai oferecer compras e serviços de hospedagem dentro do aplicativo. A maior empresa de mídia social do mundo vem tentando aumentar as vendas de unidades de grande crescimento, como Instagram e WhatsApp. Com as mudanças, o aplicativo de mensagens vai permitir que empresas vendam produtos dentro do aplicativo por meio do Facebook Shops.

Vacina no SUS

O Brasil importa mais da metade das vacinas disponíveis no calendário nacional. Das 31 vacinas oferecidas de graça pelo SUS, 16 são produzidas por outros países. Oito são de laboratórios indianos, entre elas está a tríplice viral, que protege contra sarampo, caxumba e rubéola.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

 

(Edição: André Rigue)