Último debate presidencial nos Estados Unidos e mais notícias de 22 de outubro


Da CNN
22 de outubro de 2020 às 06:46 | Atualizado 23 de outubro de 2020 às 00:35

 

O segundo e último debate da eleição presidencial dos Estados Unidos, a aprovação do desembargador Kassio Nunes Marques para a vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) e a morte do senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ) por Covid-19 são alguns dos destaques da manhã desta quinta-feira, 22 de outubro.

Debate nos EUA

A CNN Brasil transmite nesta quinta-feira (22), a partir das 21h, em todas as plataformas, o segundo e último debate da eleição presidencial dos Estados Unidos. O republicano e candidato à reeleição Donald Trump e o democrata Joe Biden voltam a se encontrar em mais um confronto que promete ser quente.

Coronavac

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse à CNN que não vai recuar da decisão de não comprar a vacina chinesa Coronavac. Já o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que se o governo não mudar de ideia até sexta-feira (23), os estados vão adotar as medidas necessárias para garantir o fornecimento da vacina.

Vacina de Oxford

Em entrevista à CNN, o ex-presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Gonzalo Vecina Neto, disse que a morte do voluntário brasileiro que participou dos testes da vacina de Oxford provavelmente não teve relação com o imunizante. O homem tinha 28 anos e era morador do Rio de Janeiro.

Arolde de Oliveira

O senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ) morreu aos 83 anos por causa de complicações causadas pela Covid-19. Foi a primeira morte de um congressista da atual legislatura em decorrência da infecção pelo novo coronavírus.

Kassio Marques

O plenário do Senado aprovou por 57 votos a 10 o nome do desembargador Kassio Nunes Marques para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). O magistrado já havia sido aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), numa sessão que durou mais de 9 horas. 

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

 (Edição: André Rigue)