Chuva provoca cancelamento de voos no Rio e aeroporto Santos Dumont fica lotado

Segundo o Alerta Rio, da prefeitura, em alguns pontos da cidade, como na Rocinha, choveu 72 mm, mais da metade do previsto para o mês todo

Cleber Rodrigues e Elis Barreto, da CNN, no Rio de Janeiro 
19 de novembro de 2020 às 12:10
No aeroporto Santos Dumont, no centro da capital fluminense, pelo menos 9 voos foram cancelados após uma constante chuva na noite de quarta
Foto: Cleber Rodrigues/CNN

 

A chuva desta quarta-feira (18), no Rio de Janeiro, provocou transtornos que seguiram até a manhã desta quinta (19), principalmente para quem precisou viajar de avião. 

No aeroporto Santos Dumont, no centro da capital fluminense, pelo menos 9 voos foram cancelados após uma constante chuva na noite de ontem. Por causa da situação, o saguão do aeroporto ficou lotado e funcionários da Infraero precisaram organizar filas para reduzir a aglomeração de pessoas. 

Os principais destinos afetados foram São Paulo, Belo Horizonte e Cuiabá. A maior parte dos voos cancelados foi da companhia Azul, que alegou “condições meteorológicas adversas” e lamentou o transtorno para os passageiros.

Leia e assista também

'Não quero voar de novo', diz sobrevivente de acidente aéreo na Índia

O difícil ano de 2020 nos aeroportos mais movimentados do mundo

“A companhia ressalta que está prestando toda a assistência necessária, conforme previsto na resolução 400 da Anac, e que está reacomodando seus clientes em outras operações da companhia e em diversos voos reforço”, afirma a nota. 

A situação no saguão do aeroporto Santos Dumont só começou a normalizar por volta das dez da manhã. 

Segundo o Alerta Rio, da prefeitura, em alguns pontos da cidade, como na Rocinha, choveu 72 mm, mais da metade do previsto para o mês todo (98mm).

De acordo com o Climatempo, a passagem de uma frente fria nesta quinta-feira deve manter o tempo instável no Rio de Janeiro. Pode chover até 60mm e os termômetros devem oscilar entre 19°C e 25°C.