Prefeitura de SP diz que não avançará na abertura de escolas

Em entrevista coletiva, secretário municipal de Educação disse que 'escolas não devem fechar novamente'

Da CNN
19 de novembro de 2020 às 12:37 | Atualizado 19 de novembro de 2020 às 14:21


 

A prefeitura de São Paulo anunciou que não vai avançar no plano de reabertura das escolas na cidade. Em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (19) ,o secretário municipal de Educação, Bruno Caetano, falou sobre a paralisação da retomada das aulas na capital. "As escolas não devem fechar novamente, apenas não avançaremos", disse.

Atualmente, as escolas da capital estavam autorizadas para receber os alunos de forma presencial para atividades extracurriculares. No entanto, apesar de haver estabilidade no número de casos e óbitos por Covid-19 na capital, o aumento da ocupação de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) pode ter contribuído para a decisão da prefeitura.

Leia também:

Aulas presencias na rede estadual de São Paulo vão retornar em fevereiro de 2021
Governo do DF recorre contra volta às aulas presenciais na rede pública
Escolas particulares do Rio de Janeiro são denunciadas por falhas em protocolos

O secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, também falou que não é previsto a retomada dos hospitais de campanha na capital. "Não há necessidade nesse momento; nós não devemos retomar a questão de hospitais de campanha no município", afirmou.

 
Foto: Reprodução/CNN

(Publicado por Leonardo Lellis)