Municípios do RS batem 40°C em onda de calor sulista

A região Sul enfrentou nesta quarta-feira o seu terceiro e último dia previsto de uma onda de calor iniciada na segunda

Giulia Alecrim*, da CNN, em São Paulo
26 de novembro de 2020 às 21:23
Dia de sol em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul - 26/12/2017
Foto: Brayan Martins/Prefeitura de Porto Alegre

 

Quatro municípios do Rio Grande do Sul tiveram as maiores temperaturas registradas no país nesta quarta-feira-feira (25). As cidades de São Luiz Gonzaga e São Borja ultrapassaram os 40°C, enquanto Santa Rosa e Campo Bom se aproximaram do número: 39,9°C e 39,7°C, respectivamente. As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

A região Sul enfrentou nesta quarta-feira o seu terceiro e último dia previsto de uma onda de calor iniciada na segunda (23). A sensação térmica foi amenizada pela chegada de uma frente fria da Argentina. O oeste da região e o sul do Rio Grande do Sul foram os mais afetados pela onda de calor.

A capital do estado, Porto Alegre, chegou a marcar 37,8°C na tarde de ontem (25). O recorde da cidade foi registrado no ano de 1918, com a máxima de 40,7°C. Já o recorde de temperatura máxima do estado foi em 1943, no município de Jaguarão, que marcou 42,6°C.

Já as demais capitais da região, Florianópolis (SC) e Curitiba (PR), foram menos afetadas pela onda de calor e registraram, respectivamente, 27,3°C e 33°C.

O fenômeno da onda de calor é causado pelo ar quente que é canalizado nas regiões Norte e Centro-Oeste do país, devido à circulação atmosférica.

(*Sob supervisão Evelyne Lorenzetti).