Motorista de acidente com ônibus em MG teria pulado e fugido antes da queda


da CNN, em São Paulo
04 de dezembro de 2020 às 18:41


O porta-voz da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Minas Gerais, Aristides Amaral Júnior, relatou à CNN que o que dificulta a apuração do acidente da tarde desta sexta-feira (4), envolvendo um ônibus em Minas Gerais, é o fato de o motorista ainda não ter sido encontrado.

"Não conseguimos localizar o motorista. Temos informações de que ele pulou do veículo antes que o mesmo caísse do viaduto. Não sabemos se fugiu, se acabou se ferindo. Temos que tentar localizar o motorista para tentar entender o que aconteceu", explicou. 

Segundo a PRF, os dados preliminarem apontam que ocorreu algum problema mecânico no ônibus, como uma possível falha nos freios. "Essa poderia ser a causa principal dessa tragédia", diz Aristides Júnior.

Assista e leia também:

Ônibus que caiu em MG não tinha autorização para transportar passageiros

Acidentes na BR-381 mataram 152 pessoas de janeiro a outubro de 2020

Estrada onde ônibus caiu de ponte em MG é conhecida como 'rodovia da morte'

Acidente aconteceu próximo à cidade de João Monlevade (110 km de Belo Horizonte)
Acidente aconteceu próximo à cidade de João Monlevade (110 km de Belo Horizonte)
Foto: CNN Brasil (4.dez.2020)

O acidente

O ônibus caiu de uma ponte nesta sexta, próximo da cidade de João Monlevade (a 110 km de Belo Horizonte).

Segundo o Corpo de Bombeiros, 40 pessoas estavam no coletivo. Ao menos 14 morreram e 26 estão feridas. 

O ônibus caiu da Ponte Torta, que passa sobre o rio Piracicaba, após colidir com um caminhão no km 350 da rodovia BR-381, próximo ao entrocamento com a MG-262. A estrutura tem aproximadamente 15 metros de altura.

A CNN apurou que a via é conhecida como "estrada da morte", pela quantidade de acidentes que acontecem lá.

Segundo a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o veículo não estava habilitado para o transporte de passageiros.

(Publicado por Sinara Peixoto)