Novo ministro do Turismo, julgamento de Robinho e mais de 10 de dezembro

As notícias mais importantes do começo desta quinta-feira, 10 de dezembro

Da CNN, em São Paulo
10 de dezembro de 2020 às 06:59


A troca do ministro do Turismo, o julgamento do jogador Robinho, condenado em primeira instância por estupro coletivo, e o recorde de mortes por Covid-19 nos Estados Unidos são alguns dos destaques da manhã desta quinta-feira, 10 de dezembro.

Troca no Turismo

No Diário Oficial da União já consta o nome do novo ministro do Turismo, Gilson Machado, que substitui Marcelo Álvaro Antônio, exonerado. Machado comandava a Embratur desde maio de 2019.

Julgamento

O atacante Robinho vai ser julgado em segunda instância, na Itália. O jogador foi condenado a nove anos de prisão pela justiça italiana, em primeira instância, por estupro coletivo. Ele alega que não cometeu o crime e que, sempre que se relacionou sexualmente, foi de maneira consentida. A decisão pode sair ainda nesta quinta-feira (10).

Aborto

A lei do aborto na Argentina, proposta do presidente Alberto Fernandez, será votada. O Congresso está dividido. Se aprovada, vai permitir a interrupção voluntária e de graça da gravidez até a 14ª semana de gestação.

Isenção

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou a isenção de tarifas sobre as contas dos últimos 30 dias para consumidores afetados pelo apagão no estado do Amapá. A medida vai beneficiar consumidores de 13 municípios.

Recorde de mortes

Os Estados Unidos registraram um número recorde de novas mortes e hospitalizados por Covid-19 nas últimas 24 horas. Foram 2.939 mortes e 106.688 internações. O país tem atualmente uma média de 2.230 mortes por dia.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

 

(Publicado por: André Rigue)