Homem morre após queda de helicóptero em Angra dos Reis (RJ)

As investigações estão em curso para determinar as causas do acidente

Da CNN
12 de dezembro de 2020 às 01:53 | Atualizado 12 de dezembro de 2020 às 14:36
Helicóptero caiu perto do Hotel do Bosque, em Angra dos Reis
Foto: Reprodução / Google Maps

Um helicóptero de uso particular caiu na noite dessa sexta-feira (11) em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, perto do Hotel do Bosque, na Rodovia Governador Mário Covas. O Corpo de Bombeiros encerrou as buscas depois de localizar o corpo do piloto Erico U. Azevedo, de 44 anos.

Assista e leia também:
Corpo de piloto é resgatado quase três dias após queda de helicóptero do Ibama
Avião de pequeno porte cai sobre carros e casa em Los Angeles, na Califórnia
Queda de helicóptero de missão humanitária deixa 7 mortos no Egito

Informações de autoridades apontam que a aeronave caiu em uma área de manguezal. Acredita-se que o helicóptero tenha saído com destino ao hotel para buscar algum hóspede e, no caminho, sofreu o acidente, às margens da BR101 (Rodovia Rio-Santos).

Além da localidade de difícil acesso, a região ficou sem energia elétrica, pois o helicóptero atingiu uma rede de alta tensão e provocou a interrupção do fornecimento de energia no município de Paraty e em parte de Angra dos Reis, segundo a Enel Distribuição Rio, concessionária responsável pela região.

Técnicos da companhia atuaram na manutenção do trecho da rede elétrica danificado.

Membros do Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA III), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) do Rio de Janeiro (RJ) conduzem uma investigação para apurar as causas do acidente.

Segundo relatos de testemunhas, parte da hélice teria atingido a fiação elétrica, o que eu teria ocasionado a queda. A estrada Rio-Santos precisou ser fechada nos dois sentidos, próximo ao km 531. 

Horas antes do acidente, o presidente Jair Bolsonaro esteve em Angra dos Reis em uma agenda presidencial, logo após, visitou a residência da família que fica em Mambucaba e deixou o local no fim da tarde. Por telefone, a assessoria da Presidência da República confirmou que a comitiva já estava na cidade Rio de Janeiro desde às 16h.

(Com informações de André Rosa e Camille Couto, da CNN, no Rio de Janeiro, Gabriel Hirabahasi, da CNN, em Brasília, e Estadão Conteúdo)