Teste negativo da Covid-19 para entrar no Brasil e mais de 18 de dezembro

5 Fatos Tarde, apresentado por Roberta Russo, repercute principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN, em São Paulo
18 de dezembro de 2020 às 14:48


A portaria que exige que brasileiros apresentem teste negativo da Covid-19 para entrar no país de avião, a chegada de novas doses da Coronavac em São Paulo e o resgate de mais de 300 meninos sequestrados na Nigéria estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta sexta-feira, 18 de dezembro de 2020.

Teste negativo para entrar no Brasil

Uma portaria publicada pelo governo federal exige que brasileiros ou estrangeiros que quiserem entrar no país de avião apresentem um teste PCR com resultado negativo para Covid-19 ao embarcar no país de origem. A medida começa a valer no dia 30 de dezembro. O teste, a ser apresentado à companhia aérea, deverá ter sido feito até 72 horas antes.

Novas doses Coronavac

O governo de São Paulo recebeu mais dois milhões de doses da vacina Coronavac na manhã desta sexta-feira. A vacina é produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. O avião que transportava o imunizante pousou no Aeroporto Internacional de Guarulhos na manhã desta sexta. A Coronavac está na terceira fase de testes e sua eficácia precisa ser comprovada antes da liberação pela Anvisa.

Lewandowski x Fux

O governo avalia entrar com um recurso contra as decisões do ministro do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, desta quinta-feira que, na prática, liberam estados e municípios a terem planos de vacinação próprios. A decisão ainda não está tomada, mas o governo aposta que o presidente da Corte, Luiz Fux, um crítico de decisões monocráticas, acataria sem maiores dificuldades um recurso que levasse a decisão ao Plenário. A informação é do analista da CNN Caio Junqueira.

Tempestade em SC

Nove pessoas seguem desaparecidas no Vale do Itajaí, em Santa Catarina, após a forte chuva e a enxurrada que atingiram a região, segundo a Defesa Civil Estadual. 13 pessoas morreram.

Terror na Nigéria

O governador do estado de Katsina, na Nigéria, Aminu Bello Masari, anunciou, nesta quinta-feira, o resgate de todos os 344 meninos que haviam sido sequestrados pelo grupo extremista Boko Haram na última sexta-feira. O grupo afirmou a autoria do sequestro que deixou os meninos desaparecidos de um internato da cidade Kankara, no estado de Katsina, no noroeste do país.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br