Brasileiros escolhem na última hora destino de fim de ano

As praias do Nordeste brasileiro também estão entre as mais procuradas neste fim de 2020. A taxa de ocupação de hotéis na região já chega a quase 80%

Por Débora Freitas, Juliana Colombo e Julia Valente, da CNN, em São Paulo
29 de dezembro de 2020 às 22:39 | Atualizado 29 de dezembro de 2020 às 22:40


 

O brasileiro tem fama de deixar tudo para a última hora, mas, em 2020, dois motivos foram determinantes para que a decisão de viajar ou não no fim do ano e nas férias de janeiro fosse tomada só alguns dias antes: a pandemia e o dólar acima dos R$ 5.

O casal Amanda Ferreti e Victor Valenzuela escolheram Dubai para passar a virada de ano só no dia 17 de dezembro. “Nós queríamos muito fazer uma viagem no Réveillon para comemorar nosso noivado. Mas, por causa da Covid-19 e do lockdown na Europa, ficamos esperando até o último momento”, contou Amanda à CNN

Mas as viagens para o exterior têm sido exceção. Além de estarem muito caras, ainda há fronteiras fechadas devido à pandemia. Com isso, os destinos nacionais aparecem como o principal destino de quem decide viajar, principalmente as regiões mais próximas às residências dos clientes. 

Leia também

Emirates desiste de voar com o maior avião do mundo, o A380, para o Brasil

América Latina supera 500 mil mortos e tem 15 milhões de casos de Covid-19

Mais de 120 bilhões de máscaras são descartadas por mês nos oceanos

As praias do Nordeste brasileiro também estão entre as mais procuradas neste fim de ano. A taxa de ocupação de hotéis na região já chega a quase 80%. É para lá que o estudante Caio Marques Menezes decidiu viajar com a família.

“Eu queria muito uma praia pra descansar e ficar só tomando sol porque esse ano foi muito estressante”, disse ele. 

Os aeroportos esperam 40% menos passageiros no fim do ano do que no mesmo período do ano passado. Mesmo assim, para o CEO da CVC Corp, Leonel Andrade, no contexto da pandemia o cenário é bastante animador.

“Quando olhamos para as viagens domésticas temos algo como 80% do que tínhamos há um ano”, avaliou.

Destaques da CNN Brasil Business:

Ibovespa anda de lado, após superar recorde histórico; dólar recua

6 atitudes para avançar na carreira em 2021

Mega da Virada: veja os números mais e menos sorteados na Mega-Sena em 2020

A retomada do turismo no Brasil tem acontecido gradativamente desde julho. Uma vantagem para o cliente que vai comprar pacotes de última hora é que os preços estão, em média, 20% mais baratos na comparação com 2019.