Divisão de vacinas será proporcional à população, diz governador do Piauí

Wellington Dias (PT) participou nesta sexta-feira (15) de uma reunião sobre a vacinação contra Covid-19 no Ministério da Saúde

da CNN, em São Paulo
15 de janeiro de 2021 às 22:26


O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), participou nesta sexta-feira (15) de uma reunião sobre a vacinação no Ministério da Saúde. Em entrevista à CNN, ele explicou que está definido que a distribuição das doses será proporcional à população dos estados.

Segundo ele, a previsão do governo federal é que tenha imunizante disponível para 3,5% da população brasileira. 

“O município [que tem] 100 mil habitantes, recebe o percentual correspondente ao número de vacina da primeira remessa. A partir daí tem um calendário para janeiro, fevereiro, março, abril, maio, onde o objetivo é na direção de garantir [a vacinação] para o número de pessoas que foi programada para cada uma das etapas”, disse.

O governador também pediu “bom senso” dos governantes, para que cada estado tenha o mais rapidamente possível acesso às vacinas. 

“Para assegurar na data que for acertada pelo coordenador nacional, que é o ministro da Saúde, para a partir daí numa mesma data o Brasil começar a vacinação.”

(Publicado por Sinara Peixoto)