Família morre após veículo cair de penhasco em Formosa do Rio Preto, na Bahia

Casal e uma adolescente viajavam do Distrito Federal ao Ceará. Populares localizaram o carro seis dias após o acidente, na BR-135

Anna Gabriela Costa, colaboração para CNN Brasil
19 de janeiro de 2021 às 13:24
Família morre após veículo cair de penhasco na Bahia
Foto: Reprodução/Redes sociais

Foi localizado, em Formosa do Rio Preto (BA), o veículo que estava desaparecido desde o dia 12 de janeiro, após um casal e uma adolescente terem viajado de Brasília (DF) em direção à Sobral (CE) e terem perdido o contato com a família. Segundo a Polícia Rodoviária Federal do DF, o carro caiu em uma ribanceira e os três ocupantes foram encontrados sem vida.

O veículo foi localizado por populares em uma área de difícil acesso, na BR-135, nesta segunda-feira (18). Os bombeiros, Samu e Polícia Rodoviária Federal foram chamados para o resgate, os corpos foram identificados e as vítimas são um homem de 42 anos e duas mulheres de 17 e 25 anos.

De acordo com a PRF-DF, o acidente ocorreu no dia 12 de janeiro, mesmo dia que a família saiu de Brasília com destino a Sobral, e perdeu contato com parentes. A polícia informou que houve um capotamento e o carro saiu da pista, caindo em uma ribanceira. O veículo era conduzido pela mulher de 25 anos, informou a PRF-DF.

Vítimas

O caso foi divulgado nas redes sociais, após familiares e amigos das vítimas publicarem fotos alertando sobre o desaparecimento e buscando informações sobre o ocorrido. Os ocupantes do veículo eram o casal José Cleves, de 42 anos e Thatielle Cardoso, de 25 anos, e a filha do homem, Giovanna Pimentel Araújo, de 17 anos.

De acordo com a família, eles deixaram de enviar notícias pelo celular após passarem pelo município de Luís Eduardo Magalhães (BA), por volta das 8 horas, do dia 12 de janeiro.

“O meu irmão viajou com a filha e a namorada para Sobral (CE), saindo de Brasília na madrugada de terça feira 12 de janeiro e a última notícia deles foi em Luiz Eduardo Magalhães. Já procuramos em vários hospitais, na PRF, PC já fizemos boletins de ocorrência e nada. A família toda está desesperada por notícias. Agradeço por qualquer ajuda”, escreveu a irmã em uma página na internet.