Sensação térmica pode passar dos 45 graus nesta semana no Rio de Janeiro

Especialistas demonstram preocupação com as praias lotadas e a disseminação do coronavírus 

Ana Maia e Thayana Araujo, da CNN, no Rio de Janeiro  
27 de janeiro de 2021 às 13:17

Foto: Luiza Mutoni/CNN Brasil

O Rio de Janeiro terá escalada de calor nos próximos dias com sensação térmica de aproximadamente 45ºC na sexta-feira. Essa sensação considera a temperatura e a umidade relativa do ar. Desde segunda-feira (25) os termômetros têm registrado temperaturas altíssimas na capital fluminense. 

De acordo com o meteorologista Wanderson Luiz Silva, houve uma intensificação de um sistema de alta pressão atmosférica em parte da porção leste do Brasil, incluindo o setor centro-norte da região Sudeste, o que dificulta o avanço de frentes frias. 

A temperatura máxima deve ser de 38 graus no Rio de Janeiro nesta quarta-feira (27) e alguns bairros podem registrar índice mais alto. Para hoje, a sensação térmica estimada é de 42 a 45 graus. Até sexta (29) a previsão de temperatura é de 40 graus com a sensação ainda maior de calor.  

A previsão de tempo muito quente em meio à pandemia preocupa especialistas em função do período de férias, que pode contribuir para que as praias fiquem cheias no RJ.

O cenário favorece a disseminação do novo coronavírus, mesmo ao ar livre, e contraria as medidas de prevenção recomendadas por autoridades de saúde.

Especialistas ouvidos pela CNN, explicam que apenas o fato de estar ao ar livre não garante segurança porque a presença de muitas pessoas próximas facilita o contato com alguém que esteja infectado com gotículas contaminadas expelidas na fala, tosse ou espirro.

A possibilidade de tocar objetos e superfícies contaminadas e, em seguida, colocar as mãos nos olhos, nariz ou boca e contrair o vírus justifica a proibição do uso de guarda-sol e cadeiras na areia da praia. Mas a restrição é ignorada frequentemente no Rio de Janeiro.