Prefeitura de Recife anuncia auxílio emergencial para integrantes do Carnaval

Projeto de Lei terá apoio financeiro da Ambev de 1,5 milhão de reais e contemplará os artistas e agremiações que fizeram parte da festa em 2020

Luana Franzão*, da CNN, em São Paulo
09 de fevereiro de 2021 às 12:51 | Atualizado 09 de fevereiro de 2021 às 15:32


A prefeitura de Recife anunciou nesta terça-feira (9) que irá conceder um valor para integrantes do Carnaval da cidade, como forma de tentar minimizar o impacto econômico do cancelamento da festa devido à pandemia da Covid-19. O projeto foi nomeado de AME (Auxílio Municipal Emergencial) Carnaval.

 

Carnaval de Recife 2020
Foto: Governo do Estado de Pernambuco

De acordo com nota da prefeitura, o benefício será concedido para cerca de 160 agremiações e 900 atrações artísticas — cantores, grupos, bandas e orquestras — que se apresentaram no Carnaval de 2020. O valor do auxílio também será calculado de acordo com o cachê ou subvenção concedidos durante o evento no ano passado, respeitando o teto de R$ 10 mil. Para se inscrever, é necessário estar sediado em Recife e ter participado da programação oficial do Carnaval anterior.

A iniciativa distribuirá, no total, por volta de 4 milhões de reais, dos quais 1,5 milhão foram injetados pela Ambev, maior patrocinadora do Carnaval de Recife. 

"Nenhuma contrapartida obrigatória será exigida aos contemplados pelos recursos, destinados à sobrevivência das classes artísticas às quais a maior celebração do calendário festivo pernambucano costuma assegurar palco e passarela, trabalho e renda", afirmou a prefeitura em nota.

 

O Projeto de Lei (PL) que regulariza a distribuição das quantias deve ser assinado também na terça-feira, Dia do Frevo, pelo prefeito João Campos.

O Carnaval 2021 foi suspenso em dezembro, pelo estado de Pernambuco. Shows, festas, eventos e desfiles sem ingresso prévio foram suspensos para evitar aglomerações, tradicionais do feriado. As medidas foram delineadas para frear o espalhamento da Covid-19 na região. O governo também cancelou o feriado e suspendeu os pontos facultativos, que neste ano seriam em 15 e 16 de fevereiro (segunda e terça-feira).